O FESTARA - Festival de Teatro de Araçatuba foi idealizado pela Federação de Teatro Amador da Região de Araçatuba no ano de 1996, tendo como presidente e fundador Alexandre Melinsky e realizado nos anos de 1997 e 1998, em caráter regional e competitivo.

No ano de 2007, foi reestruturado e reformulado com a criação da Associação dos Artistas Teatrais da região de Araçatuba, idealizada pelos artistas Alexandre Melinsky, Fábio Reichemback, Flávio Estevão e Marcelo Messias, com o objetivo de promover intercâmbio cultural, técnico e social entre grupos e companhias, tecendo um panorama da arte teatral em nosso estado; propondo a reflexão, difusão, provocação, experimento, investigação, encontro, diálogo, questionamento e formação artística.

Voltou a ser realizado com sucesso em 2008, tendo 18 espetáculos na programação.
No ano de 2009, 20 espetáculos foram apresentados, além de intervenções urbanas e oficinas formativas. Em 2010, os convites para a maioria dos espetáculos se esgotaram antes do início do Festival.

Ganhou mais força no ano de 2011 e 25 peças foram encenadas. Companhias e grupos teatrais paulistas, do interior e da capital, assim como dos estados de Goiás, Rio de Janeiro, Paraná, Paraíba e Santa Catarina estiveram presentes, celebrando as artes cênicas e provocando um exercício de reflexão sobre a cultura.

Na edição de 2012, o Festival foi realizado com o número reduzido de espetáculos em relação às edições anteriores tendo 14 espetáculos cancelados da sua grade de programação.

Em 2013 o FESTARA voltou a ser realizado pela ASSOCIATA, com co-realização da Prefeitura Municipal de Araçatuba, por meio da Secretaria de Cultura, apoio do SENAC Araçatuba, SESC - SP e Oficinas Culturais do Estado de São Paulo. Contou com 24 espetáculos e trouxe uma proposta mais encorpada, resgatando o sucesso de edições anteriores.

Agora, em 2014, segue com as mesmas parcerias trazendo peças teatrais para adultos e crianças, espetáculos de rua, espetáculos de formas animadas, intervenções urbanas e atividades formativas.